Molho de pimenta pra aquecer a vida.

Quando eu era criança e ficava sem apetite na hora do almoço, eu cheirava o molho de pimenta que minha avó Anna fazia e na hora dava vontade de comer o prato todinho e repetir!

Pimenta é rica em capsaicina, substância que dá o sabor ardido e que faz super bem pra saúde, além de ser riquíssima em nutrientes. Pimenta faz um bem danado pra quem leva um cotidiano morno, levanta o astral, espanta a acomodação e desperta paixões. Molho de pimenta feito em casa é fácil de fazer, não tem segredo, dura bastante, vira um presente charmoso e ajuda a aquecer a vida.

Eu sei que hoje em dia é muito fácil encontrar molho de pimenta pronto em qualquer supermercado, mas fazer o seu próprio molho é uma delícia. Vou colocar aqui a receita do molho da vó Anna que além de delicioso nos ensina sobre a virtude da paciência pois demora um mês pra ficar pronto mas também depois, dura um tempão.

MOLHO DE PIMENTA DA VÓ ANNA

Ingredientes: 1/2 kilo de pimenta dedo de moça, 5 dentes de alho inteiros, 1 cebola pequena cortada em 4, 2 folhas de louro, 1 copo de vinagre ou 1 copo de limão-cravo também conhecido como limão-rosa, 1/2 copo de azeite e 1 colher de café de sal.

Em um vidro coloque as pimentas cortadas ao meio com os demais ingredientes, mexa bem, tampe e deixe descansar por mais ou menos 30 dias. Pode dar uma mexidinha de vez em quando. Quando estiverem bem molinhas, bata tudo no liquidificador. Se preferir, separe um pouco antes de bater para ir comendo os pedacinhos.

SEGREDINHOS: *Se optar por fazer com limão é preciso ferver o suco e deixar esfriar até ficar em temperatura ambiente. Caso contrário, o limão poderá embolorar a pimenta.

*Se não quiser que o molho fique muito picante, tire as sementes.

*Se tiver a pele sensível é melhor colocar luvas descartáveis antes de mexer com as pimen5555641a48a40161b952658a1ceea841

 Use para preparar molhos, receitas especiais para despertar ou reacender paixões e até no arroz com feijão nosso de cada dia.

foto – vielo fotografia

 

 

 

Anúncios

Bolo da vó Anna

Sábado era dia de bolo na casa da vó Anna. Quem passava pela rua no final da tarde sentia o cheiro do bolo que ela fazia com o “chocolate do padre” mas que só recentemente descobri que o correto é “chocolate Dois Frades”. As claras em neve e a massa eram batidas a mão e como naquela época ninguém sabia o que era salmonella, raspávamos a tigela com os dedos e ia massa até para os cabelos.

Casa de vó tem que ter bolo, aliás toda casa merece um bolinho pra deixar a vida mais alegre. Se não dá pra fazer bolo todos os dias, pelo menos nos finais de semana a vida pede bolo.

Bolo da vó Anna

Ingredientes: 4 xícaras de farinha de trigo, 3 ovos, 1 copo de leite,  3 colheres de manteiga, 3 xícaras de açúcar, 6 colheres de chocolate em pó e 1 colher de sopa de fermento quimico. ( o leite, os ovos e a manteiga devem estar em temperatura ambiente).

Modo de fazer: Coloque uma música bem linda, um avental charmoso e separe todos os ingredientes. Pré-aqueça o forno e unte uma assadeira com manteiga e farinha de trigo.

Separe as claras da gema, e bata as claras em neve. Quando estiverem no ponto jogue uma pitadinha de sal ou fermento e bata só mais um pouquinho de nada,  pra não desandar.

A vó Anna batia o bolo a mão mas você pode usar a batedeira se preferir.

Bom, coloque os ovos, a manteiga e o açúcar na tigela e bata até formar um creme amarelinho, acrescente o leite e o trigo, bata até ficar homogêneo, acrescente o chocolate em pó e bata, depois as claras em neve que estavam reservadas e por último o fermento em pó. Bata bem, sempre pensando em coisas boas.

Despeje a massa na assadeira untada e enfarinhada e leve ao forno por mais ou menos 40 minutos. Quando a casa estiver cheirando a bolo, faça o clássico teste do garfo: dê uma espetadinha no bolo, saiu limpinho? Tá pronto!

93b03a8484fed73c6485ae0c892974b6

Sirva com café, suco de laranja, chá,  guaraná e amor de vó.

foto – Vielo Fotografia